13/12/2016
Beneficiários do Bolsa Família com repasse bloqueado deverão comparecer na Secretaria de Assistência Social e Habitação

A Prefeitura de Silveira Martins por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação (SMASH) convoca os beneficiários do Programa Federal Bolsa Família que tiveram o repasse bloqueado a comparecerem, o quanto antes, na secretaria, a fim de verificar a situação cadastral.

publica

No momento da verificação cadastral, o beneficiário deverá apresentar documentos seus e do núcleo familiar. Daqueles maiores de 18 anos: a carteira de Identidade (CI), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira de Trabalho, contas de água e luz (comprovante de residência), certidão de nascimento ou casamento e comprovante de renda. Das crianças e adolescentes: CI, CPF e certidão de nascimento. Deve também apresentar o extrato bancário que contém a informação sobre a suspensão do benefício. O horário de atendimento é das 7h30 às 13h30.

A SMASH esclarece a população que os cancelamentos e bloqueios são resultado de uma fiscalização direta do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). Em todo o país foram encontradas inconsistências em 1,1 milhão dos cerca de 13,9 milhões de benefícios pagos pelo governo federal. O papel do município não é fiscalizador, mas organizacional, ou seja de cadastramento e atualização de dados mediante a documentação apresentada pelo responsável do núcleo familiar.

Bolsa Família

As famílias, ao entrarem no programa, recebem o benefício mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação. O valor repassado a cada família depende de fatores como o número de membros, a idade de cada um e a renda declarada no Cadastro Único.