Hino

HINO DA CIDADE DE SILVEIRA MARTINS

Letra: Professora Aristilda Rechia
Música: Maestro Antonio Setembrino Correa dos Santos

I
Minha terra, manhã luminosa
desde o berço, antigo Barracão!
Destemido imigrante italiano
semeou o progresso em teu chão
_ um punhado de vidas gigante _
plantou canto, vigor, raça e pão.

Estribilho:
O trabalho, instrumento de luta
fez das serras um lar, um jardim,
fecundou amor, fé e consciências,
esperança, alvorada sem fim
florescendo a Quarta Colônia,
Cita Nuova, Silveira Martins.

II
Abençoada Cidade, Ave, Branca!
no eternal pensamento de Deus!
Santo Antônio de Pádoa protege
teu destino que a história escreveu.
Melodia de paz sobe aos montes
E mais perto a oração chega aos céus.

III
Seja um hino constante tua vida,
liberdade e cultura a vibrar.
Novos rumos, querer e justiça,
como estrelas no alto a brilhar.
A essência do bem, chama viva,
seja teu monumento e altar.

Download da Letra | Download do Hino